top of page

Política das Mudanças Climáticas

Atualizado: 1 de nov. de 2021

AULA #7 | Diário de Bordo Curso YCL 2021.2

Acredito que todes nós já pensamos ou imaginamos como seria participar de uma negociação importante. No caso da Juliana Russar, como membro da sociedade civil, ela conseguiu presenciar, algumas vezes, de que forma personalidades do mundo e governos discursavam sobre as mudanças climáticas e as possíveis soluções para essas alterações em um curto e longo prazo. Em um primeiro momento, nossa primeira palestrante da noite fez questão de frisar que a desigualdade também é vista nessas rodadas de debates e políticas pelo clima, apoiadas e sediadas pela Organização das Nações Unidas, onde países como França possuem muito mais negociadores, dinheiro e influência do que países em desenvolvimento.


A COP, como é chamada a Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima, ocorre anualmente em diferentes locais do mundo durante aproximadamente duas semanas e, desde sua criação, já teve pontos altos e baixos. Durante sua fala, Juliana comentou algo extremamente relevante, apesar de ocorrer em diferentes partes do globo: as decisões tomadas durante essas negociações afetam cada país participante ou não de uma forma geral ou local, por isso a importância de as autoridades públicas fazerem o esforço de trazer essas decisões para o entendimento público.


De forma ampla, as conferências abrem muitas lacunas para reflexões, onde o ponto central se torna se há de fato uma verdadeira postura de mudança na forma como estamos lidando com as alterações climáticas. Nesse caminho ainda é levantado a questão das “responsabilidades comuns mas diferenciadas”, onde países desenvolvidos possuem mais capacidade técnica, financeira e tecnologia para fazer impactos concretos na mudança do clima, porém, após a COP-21 os países com menos recursos também começaram a apresentar políticas intencionais para a redução de suas emissões de gases poluentes, de acordo com suas capacidades e recursos.


Vale ressaltar que em 2015 tivemos a COP-21, na qual foi assinado o famoso Acordo de Paris, conhecido como “milagre diplomático”, que entre debates acirrados e posicionamentos presidenciais, como a saída dos EUA durante o governo Trump em 2017 e sua reentrada durante o governo de Joe Biden em 2021, trouxe e ainda traz muita discussão sobre sua efetividade, apesar de entrar em vigor de forma acelerada comparado ao Protocolo de Kyoto.


Na segunda parte do encontro com nossa outra convidada da noite, a Flávia Bellaguarda. Entendemos um pouco mais do cenário das mudanças climáticas no campo político do Brasil. É interessante levantar que durante sua apresentação nos foi colocado que 78% dos brasileiros acham importante a questão do aquecimento global, mas onde está o reflexo disso nas eleições? Essa pergunta ficou em nossas mentes durante todo o restante da noite. Compreendemos também que para um Estado executar uma campanha ou um projeto eficiente pela mudança climática, ele deve estar sustentado por alguns pilares como: Adaptação; Soluções Baseadas na Natureza; Mitigação e Financiamento. Os quatro elementos devem estar equilibrados nas propostas.


Outro fator relevante apresentado pela Flávia é que para uma boa governança na área do clima a estrutura política deve se atentar para o inventário da cidade, ou seja, a quantidade de emissão de gases poluentes, desmatamento, entre outros fatores que degradam o ecossistema, junto de uma análise de risco e vulnerabilidade climática e um plano de ação climático.


A aula sobre “Política das Mudanças Climáticas” foi um retrato de que ainda temos muito o que fazer pela frente, mas que com força de vontade podemos sim alcançar uma redução da temperatura global, com metas ambiciosas e uma maior participação social, vamos operando aos poucos uma mudança de postura coletiva no mundo todo, como também de forma local.







4 visualizações

IMPULSIONE SUA CARREIRA COM O YCL!

Confirma algumas formas que o YCL pode acelerar sua carreira no clima:

WhatsApp Image 2019-06-01 at 21.14.31.jpeg

join the ycl course!

With 98% approval, the YCL Course is a 2-month training course for those looking to have a general notion of the climate career, conducted in portuguese.

AEnB2UpDjeFHmTuM3SCZofJU6FadLg0BUyi6Y7smI9taEG4jipc8zohj4feJKChZl1lAT8PvXDZs-dw1NZ6prI__j4

join the ycl network!

Portuguese speakers: subscribe to our network to gain access to our platform and join our network, an ecosystem of networking,  vacancies, and exclusive benefits.

Desenvolvedores do sexo feminino

be mentored by a ycl climate expert!

Tailor made sessions for young professionals to meet a climate expert, to seek advice, new perspectives, and to develop a career plan.

bottom of page